top of page

Quando doar os pertences do meu ente querido que partiu?

Atualizado: 21 de mar. de 2020

Será que existe um tempo certo para doar os pertences do ente querido que partiu? Cada um de nós tem uma visão sobre qual decisão tomar, e sobre o que representa as coisas materiais. Não existe o certo e o errado, apenas precisamos tomar a decisão que nos traz mais paz e tranquilidade interna dentro do tempo de cada.

Está no ar mais um “Conversando com Rosana De Rosa”.

O tema do vídeo de hoje é: Quando doar os pertences do meu ente querido que partiu?

Lidar com a perda de um ente querido não é tarefa fácil. É desafiador até mesmo para as pessoas que são mais espiritualizadas. No entanto, o amor quando instalado nos corações, transpõe barreiras inimagináveis e nos aproxima profundamente.


Pensando assim, cada pessoa encontra dentro de si, o seu tempo certo para doar os pertences do seu ente querido, pois compreende que os bens materiais não tem a capacidade de nos ligar aos nosso amores. No entanto, não há nada de errado em querer guardar algum objeto que ativa na nossa memória lembranças desse afeto.


O que é importante mesmo, é sempre termos a clara percepção dessa incrível capacidade de conexão que somente o amor nos promove.


6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page