Vivendo o amor como missão.

Atualizado: Jul 20



Amar também significa aceitar o caminho do outro, mesmo que muitas vezes não seja como desejamos. Quando passamos a entender que o amor vai muito além do que os nossos olhos nos permitem ver, e que os nossos ouvidos nos permitem ouvir, vamos compreender que o verdadeiro amor, é sentir sem precisar tocar, é amar sem precisar ver, é abraçar com os braços das nossas almas. Amar é sentir gratidão pelos momentos vividos, sendo esses muitos ou poucos, mas com a certeza que a saudade sentida é o que nos traz força para continuar o nosso caminho, vivendo o amor como missão. Amar também é sentir saudade do que não foi vivido, mas compreendendo que existe algo muito maior, podendo entender que não existe nenhuma barreira ou distância para o verdadeiro amor, e aceitando que os caminhos diferentes, também nos levam à felicidade.


Quando falamos na morte, muitas vezes pensamos que existe uma necessidade de que haja muita vida, longos anos, até o momento da nossa partida chegar. Vivemos em uma rotina que é tão automatizada, do que julgamos ser necessário ser feito e vivido, e esquecemos de viver da melhor maneira possível o hoje, o agora. Cada momento que vivemos, cada experiência que passamos, podemos sim transformar em algo precioso. Entender o ciclo da vida, nos faz ressignificar o que a morte representa. Vamos passar a compreender que uma vida toda, pode ser alguns segundos, algumas horas, alguns dias, alguns ou vários anos. Vamos então viver cada dia, aproveitando ao máximo, vamos amar e nos sentir amados, nos doar, e trocar nossas experiências fazendo com que as nossas memórias sejam preenchidas de amor.


Quando chegamos na pluralidade da vida, entendemos que estamos entrelaçados, e que a jornada apesar de ser individual, ela também é conjunta. Com isso, passamos a entender que nosso ente querido reside em nós, e nós neles, e não existe mais uma separação. A cada vínculo afetivo, vamos preenchendo nosso coração de muito amor e entendendo que no ciclo da vida o amor é o que se eterniza. A vida chega e vai, pois onde quer que o ente querido resida, ele vive e sente o nosso amor, assim como uma estrela, ele brilha no nosso céu e nós somos um pontinho de luz aqui na terra onde eles sempre nos encontrarão em seus corações.


Quem amamos sempre estarão vivos dentro de nós!


Todas as fases do luto são trabalhadas no Programa Ato de Amor, que é um programa de 12 semanas aplicado nos Grupos de Acolhimento no Telegram, e conta com a interação de voluntários que apoiam o Projeto. Nos grupos, discutimos os temas, escutamos o que se passa no seu coração com muito respeito e carinho. Para fazer parte dos grupos de acolhimento, basta acessar nosso site: www.projetoacolherperdaseluto.com.br . Na primeira página, clique em "Quero ser Acolhido", preencha o formulário, e você será inserido no próximo grupo. Se você ainda não tem o aplicativo Telegram no seu celular, basta baixar e instalar gratuitamente. Te encontramos lá!




34 visualizações

© 2019 by  Projeto Acolher