Programa Ato de Amor
Tema 11- Ressignificando a Morte

"Resignificar a morte é aceitar que ela faz parte do ciclo da vida."

Resumo

O tema onze chamamos de Ressignificar a Morte. Ressignificar a morte é aceitar que ela faz parte do ciclo da vida. Vivemos em uma cultura em que não se fala sobre a morte, e chegamos ao luto sem saber o que fazer e como reagir. A morte do corpo físico vai acontecer para todos, é um processo natural da vida. Esse tema é onde vamos validar a morte, e chegarmos a uma percepção de que a única forma de valorizarmos a vida é viver no presente, e que o único local que podemos atuar para fazer a diferença, é no presente. Esse presente só aparece quando a gente valida a morte e percebe a vida através da morte. Porque se a morte é eminente para amanhã, ou daqui a 10 minutos, agora temos que viver o nosso melhor, então nesse melhor, nessa consciência desse nosso melhor, vamos ganhar disciplina, vamos ganhar foco, e estabelecer prioridades. Conseguimos através dessa ressignificação atuar com prioridades. Ressignificar a morte é olhar para a vida, aceitar sua dinâmica de chegada e de partida, e entender que não existe um tempo certo, e que cada história se realizará de forma diferente, percebendo que na sua trajetória de nascer e morrer existe o viver. O viver nos convida a riscos, a termos coragem e a desenvolvermos a fé. Não sabemos como ela desenrolará, se vai durar um tempo na barriga ou um tempo na vida, a única certeza é que vamos poder amar.

icons8-prayer-50 (2).png
#1 Apresentação do tema

Dar um novo significado a morte de nosso ente torna possível reconfigurar e ampliar a percepção do amor. Ressinificar é muito maior do  o formato que você conhecia.Este tema possibilita o entendimento de que nós estamos mergulhados no amor de Deus e nesse amor de Deus podemos nos sentir na imensidão do amor ao nosso ente amado. 

#2 Exercício

Nosso décimo primeiro exercício do Programa Ato do Amor tem como objetivo no tema Ressignificando a Morte, levá-lo a sentir se realmente aquela morte, que muitas vezes nós cultuamos como um finalmente, se ela existe ou se aquela morte é apenas o desprendimento do corpo físico daquela alma que você ama. Vamos juntos fazer esse exercício? Faça uma lista de 3 coisas que você pode fazer no momento presente que te ajudaria a ver a morte de uma forma mais suave.

#3 Meditação

Sinta o poder maravilhoso que a meditação guiada por Rosana de Rosa lhe possibilita. Reserve um espaço tranquilo, silencioso, feche seus olhos e entre em contato com seus sentimentos através do áudio. 

#4 Estudo

Ressignificar a morte é olhar para a vida, aceitar sua dinâmica de chegada e de partida, e entender que não existe um tempo certo, e que cada história se realizará de forma diferente, percebendo que na sua trajetória de nascer e morrer existe o viver. O viver nos convida a riscos, a termos coragem e a desenvolvermos a fé. Não sabemos como ela desenrolará, se vai durar um tempo na barriga ou um tempo na vida, a única certeza é que vamos poder amar.

#5 Fechamento do tema

Esta semana abordamos o entendimento da vida através da compreensão da morte com o tema Ressignificando a Morte. Que neste momento tudo se torne mais sereno com essa aceitação da morte como parte da vida, um ciclo dentro da existência, em que o vínculo de amor transcende e se fortalece. 

#6 Conversando com Rosana de Rosa

Uma maravilhosa conversa lhe espera no Conversando com Rosana de Rosa. Após as reflexões e o exercício, descanse seu coração e receba este colo amoroso. Este bate-papo especial desenvolvido pelo Programa Ato de Amor é para que aos poucos você desenvolva a capacidade de autoconhecimento e assim, valide a dor que o luto lhe trouxe. 

#7 Poema e orações

Um lindo poema escrito pela autora Beve proporcionará uma reflexão envolta em ternura. Além dos poemas, aqui no site você encontra orações para embalar seus dias e aliviar sua alma.

icons8-prayer-50 (2).png

O Projeto Acolher Perdas e Luto oferece grupos de acolhimento para quem vivencia o luto. Durante o período de 12 semanas os temas do Programa Ato de Amor são conversados e os membros recebem este suporte emocional. Convidamos você a participar deste estudo maravilhoso.  

Depoimentos

A morte não é o fim

"Tenho aprendido com o desencarne do meu esposo e com este grupo que a morte não é o fim. Afinal somos eternos, então vamos viver em outra dimensão que cada um dá um nome, céu, plano espiritual, colônia, etc. Tenho aprendido que a morte faz parte do ciclo da vida e que vai chegar pra todos nós, seja cedo ou tarde (na nossa visão). Algo que aprendi com vocês e os agradeço muito, é que o elo do amor nunca se acaba, ou seja, não existe o "até a morte nos separe'". Pode separar fisicamente, provisoriamente, mas no sentimento não separa não. O elo do amor fica até mais forte. Podemos nos comunicar por pensamento, sonho, oração, etc. Ainda sofro com a partida do meu esposo mas sei que ele está bem e que um dia o reencontrarei. O que são 10, 20, 40 anos de espera para nós que somos eternos? Não é nada... Vou seguindo minha missão aqui, ele seguindo a missão dele de lá, e um dia estaremos todos juntos novamente." (E.L.B.)

© 2019 by  Projeto Acolher